E agora Portugal?

bandeira-portugalEm Julho já por aqui se abordou este Portugal, a sua justiça e o caminho ou caminhos que se trilham. 24 de Novembro, véspera de um 25 muito esquecido, mas que urge relembrar, viveu este pequeno país um dos mais negros dias da sua história.

Independentemente dos protagonistas, irrelevantes para a matéria, é um país que bate no fundo, é a prova final de que andamos enganados faz anos, talvez agora, finalmente, aqueles que andam sempre com Abril na boca, percebam que Abril não se apregoa…

Assistimos a um circo mediático sem regras em volta dos últimos casos judiciais. Sem respeito por ninguém, principalmente pelos envolvidos, inocentes até prova em contrário, mas já julgados e condenados na imprensa e, em consequência, na opinião pública. Afinal, alguém sabe o que motiva a prisão preventiva de um ex-Primeiro-Ministro de Portugal? Sem embargo da acusação que lhe é feita e dos crimes que lhe são imputados…

Estaremos a caminhar para um “Estado de Juízes? Deus queira que não e que os homens também o não permitam.

A 3ª República esgotou-se, urge refundar o país, criar as condições necessárias para um futuro diferente, muito diferente, deste tenebroso presente.

E agora Portugal?

Como afirmava Pessoa na “Mensagem”: “Senhor, falta cumprir-se Portugal!”

Falta…

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s