De Ruas o que já sabíamos…

capa.inddPassados seis meses sobre a sua saída do Município viseense, Fernando Ruas, o cidadão, ex-autarca e mais que provável futuro eurodeputado responde às perguntas do jornalista e director do jornal do Centro, António Figueiredo. A entrevista, até pelo encadeamento das perguntas, trespassa a ideia de um Fernando Ruas mal resolvido com um passado recente que resultou de um outro de 24 anos de causa pública. É sabido, público e notório que Fernando não foi, é, ou será, um indefectível de Almeida Henriques. Também, de igual modo, todos sabem que o candidato de Fernando era outro e todos sabemos que Almeida Henriques, dotado, para espanto de alguns, de uma fleuma quase britânica, suportou tudo ou quase tudo o que aconteceu na pré e na campanha eleitoral propriamente dita. António, numa primeira fase sujeitou-se, posteriormente… manteve, ao contrário do que alguns perspectivavam e queriam, a postura institucional, talvez aqui e ali ponteada por algumas fraquezas… Com um Ruas politicamente correcto até aqui, António apenas divergiu nas opções políticas, mantendo sempre e fazendo questão de o referir, o devido respeito por quem o antecedeu.

O ambiente no “ar” era quase tenso, os homens de Ruas pediam que este alguma coisa disse-se, os de António mantinham o foco no desenvolvimento da gestão política do novo ciclo. Percebia-se essa tensão, os mais atentos viam-na em pequenas mas bem claras nuances, mas o verniz nunca estalou.

Este introdutório serve para balizar e contextualizar estas respostas de Fernando Ruas, numa entrevista que António, Figueiredo que não o outro, soube conduzir de forma hábil, levando as respostas ao encontro das perguntas e da polémica que em surdina ia vegetando.

Afinal era verdade, tudo o que se dizia em surdina mas à boca cheia sob o pensamento de Ruas, o próprio o disse de imgresviva voz e em discurso directo. O homem, apesar de não o dizer abertamente, ainda acalenta o sonho e a vontade de voltar a uma casa onde já foi feliz, tem registado e não tem gostado de algumas nuances comunicacionais deste novo executivo, aqui, talvez, digo eu, por essa ter sido uma das suas grandes pechas nos 24 anos de posso, quero e mando, mas só até ao Caramulo…

Ruas tem todo o direito a dizer o que pensa, e dizer do que gosta e do que não gosta, aliás, sempre foi homem de grande frontalidade, não deixou de o ser.

Em relação ao passado e presente, este conjunto de respostas correspondeu apenas a uma confirmação pública do que já se sabia, Ruas não digeriu o processo de regeneração autárquica e ao bom estilo de outro beirão, deixa no ar um “agarrem-me” senão eu volto…

Interessante a visão e o querer de Fernando Ruas em relação ao seu mandato como deputado europeu. Pessoalmente,Unknown-1 já o disse e escrevi anteriormente e com a minha assinatura como sempre faço, acho que Fernando Ruas reúne condições para fazer um bom mandato como deputado europeu, ao contrário do que outros “snobs” possam querer fazer passar, estou convencido que Ruas se poderá constituir como a voz, junto da Europa, de toda uma região centro com epicentro na cidade-região de Viseu e que, pasme-se ou não, tem e terá em António Almeida Henriques o seu líder político, ironia do destino…

Resumindo e concluindo, interessante conversa trazida à estampa pelo Jornal do Centro, a cumprir o seu papel, daquelas para ler, guardar e aguardar pelas cenas dos próximos capítulos…

Tem a palavra, ou talvez não, António…

 

 

5 responses to “De Ruas o que já sabíamos…

  1. Já não será do seu tempo mas dantes todos os café tinham o seu engraxador privativo. Era um tempo em que todos os homens usavam chapéu e os cafés não serviam clientes sem gravata.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s