O interino…

(Artigo de opinião publicado no Jornal Correio Beirão em 24/01/2014)

O interino… será nome de nome de novela? Será um novo livro de bolso daquelas velhinhas colecções Europa-América? Será…

Consultado o dicionário Priberam da Língua Portuguesa, ficamos a saber que “interino” é um adjectivo que tanto pode significar aquele que exerce funções durante o impedimento ou falta do funcionário efectivo, ou um não efectivo, provisório.

imgresOra, vem isto a propósito da nomeação de Telmo Antunes, por mero acaso ex-Presidente de um Município da região, como Director-Interino do Centro Distrital de Viseu do Instituto da Segurança Social em substituição do, também, interino Leonel Carvalho que estava, interinamente, em  funções desde Setembro passado em substituição de Joaquim Seixas, actual Vice-Presidente do Município de Viseu.

Esta nomeação surpresa, quando já se falava em surdina e  em alta  voz também, que Fernando Ruas regressaria, contrariando o poeta, a uma casa onde certamente foi feliz, reveste-se de particular interesse quando se sabe que este regresso a acontecer, conta com o “incómodo” de sectores do PSD local e, óbvio, do CDS, não que este último ganhe ou perca alguma coisa com isso, pois continua à margem do xadrez estratégico-político da região. Já em relação ao primeiro, que continua a por e dispor emcaixa tudo o que é nomeação política, porque no resto “já era”, vide Planalto Beirão e Comunidade Intermunicipal Viseu Dão-Lafões, pelo menos para os lados do rossio viseense, não cairá lá muito bem essa indigitação, até porque em determinadas horas do dia o próprio edifício da “caixa” faz sombra sobre os Paços do Concelho, não confundir com o Passos…

Assim sendo e até porque o concurso aberto para provimento do lugar em questão termina a 22 do corrente, uma coisa é certa, Telmo Antunes não será o próximo Director, não interino, da Segurança Social de Viseu, o que é pena até porque, creio sinceramente, que reunia as competências necessárias para um bom desempenho do cargo, isto resulta do significado próprio do adjectivo “interino”.

Se assim não for e se realmente o “interino” cair, alguém vai ter que explicar muito bem como se nomeia um Director-Interino a escassos dias de terminar o concurso que, obrigatoriamente tem de ganhar, para que passe de interino a efectivo…

Estou certo que Telmo Antunes fará um bom mandato de interino pelo curto prazo de tempo que estará no cargo e aguardemos calma e serenamente pelo resultado do dito concurso…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s