Hélder Amaral e os rostos do compromisso…

521912_624616267563403_836969467_nComo escrevi, ontem representava o dia “D” para a candidatura de Hélder Amaral e do CDS PP Concelhia de Viseu, finalmente e apesar de não ser o mais importante, se saberia quem acompanhava Hélder Amaral e Fernando Figueiredo nos compromissos assumidos para com os Viseenses.
A registar o seguinte:
* A lista representa uma enorme lufada de ar fresco no debate e participação civica, heterogénea e com alguns sinais curiosos a demonstrarem a preocupação em atingir nichos específicos de eleitores, o que pode vir a revelar-se fundamental no resultado final;
* Vitor Duarte, quadro do função pública, personifica o rigor e a preocupação da candidatura com os aspectos económicos e financeiros do município, trata-se de um viseense de sempre;
* Seguem-se vários elementos que são “novos” nestas andanças e que constituem agradáveis surpresas, casos de Joana Couto de Sousa, advogada e que nos últimos anos tem sido a “alma” da secção de Viseu da OA e de Francisco Neves, que dispensa apresentações, entre outros;
* Voltando ao inicio, aos nichos, referir a presença de Paulo Medeiros, nome sobejamente conhecido, cultura e desporto visadas, e de António Portal Almeida, monárquicos;
* E é no 1º dos suplentes que Hélder Amaral “joga” um dos seus melhores trunfos e uma surpresa para muitos, o apoio e “aval” de Luis Canto Moniz, conhecido advogado viseense, considerado por muitos uma das “reservas morais” da cidade é o “Ás” de trunfo desta candidatura. Muitos dirão que o lugar em que vai não tem importância, é ao contrário, ao aceitar ir em 1ª suplente, Luis Canto Moniz dá uma lição de vida a muitos que ao longo dos anos se puseram e continuam a pôr em bicos de pés, quem o conhece reconhece-lhe o carácter, a visão e a integridade de um homem de valores. A sua presença, per si, o seu apoio porque desprendido e desinteressado, são uma suprema mais-valia para esta candidatura;
* Em relação a AM, referir e saudar a presença de Carlos Cunha, merecida não só pela capacidade política mas, e também, pelo seu trabalho na construção desta candidatura, e a presença do médico António Luís Martins;
* Graça Canto Moniz, mandatária da juventude, trará uma cor e um discurso inovador à AM, já o disse e volto a referir, Viseu e Graça têm encontro marcado no futuro…Resumindo:
√ O CDS não concorre a todas as freguesias, deixa de fora 2, o que já não sendo novidade e apesar de reduzir a percentagem das mesmas, não deixa de ser um factor negativo;
√ A menos de 2 meses das eleições, assumidos os principais compromissos e com a equipa completa, o CDS necessita urgentemente de solidificar no terreno o que as ideias traduzem, está na altura de começar a “jogar” as peças no terreno de jogo, é hora de concretizar e deixar a conversa de lado;
√ Hélder Amaral e esta candidatura serão a chave do futuro, assim o queiram…
A todos cumprimento na pessoa do candidato Hélder Amaral.
(artigo publicado no facebook em 6 de Agosto)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s