JJ amigo, tens aqui as tuas “ruas”…

Confesso que quando passei os olhos pelas 1ª’s páginas dos jornais expostos no escaparate de uma das casa do ramo da nossa cidade, a minha primeira reacção ao ver acapa_95c9d994f8d75d4d60f8bb8f25902339 foto do Dr. Fernando Ruas numa delas foi de espanto, para os meus olhos Fernando Ruas dava entrevista ao jornal “O Crime”, mais certo disso fiquei quando leio o título da mesma, só podia tratar-se desse pasquim, primeiro pelo grafismo e segundo porque o que li de crime se tratava. Afinal, a entrevista era ao Diário de Viseu, parecia mesmo o dito, mas o assunto envolvia ou potenciava um “grave crime” de lesa-laranja.

Esperei para ver se era brincadeira atrasada do 1 Abril, mas com a edição de ontem do mesmo jornal percebi que afinal…

Fernando Ruas ao seu melhor estilo de chefe da banda tornou-se no maior, mas não no melhor, apoiante  da candidatura de José Junqueiro ao Municipio viseense. A esta hora ainda JJ fuma umas “charutadas”, ou talvez não, a festejar a intervenção de Fernando Ruas, melhor que o próprio JJ e que qualquer mandatário a “atacar” a candidatura do ex-Secretário de Estado, ex-Presidente da AIRV e do SEC e com a ajuda de Fernandito não tarda a ex-candidato do PSD…

Aliás, mais um pouco e JJ nem precisa de mandar arranjar o GPS para a campanha ou de se esforçar em misturar-se com o eleitor…  Ruas, qual Imperador Romano, serviu a cabeça do simpático António Almeida Henriques numa bandeja para o bodo e gozo de JJ e seus muchachos….

almeida-henriquesAntónio Almeida Henriques e o PPD/PSD não mereciam tamanho “apoio” e incentivo por parte de Ruas, o homem que sonhou ser um eucalipto…

Tal como já o tinha feito anteriormente Fernando Ruas passa um atestado de completa incompetência ao candidato laranja, neste caso o 3º, com boa vontade, da lista dos potenciais, já de si fragilizado pelo processo que conduziu à sua candidatura ao Município de Viseu…

Fernando Ruas está a prestar um mau serviço ao seu partido e ao seu(ou talvez não) candidato Antonio Almeida Henriques e, no limite à própria cidade que vê sair o seu autarca de vida e arrisca-se a ver “chegar” ao Rossio, talvez de GPS ligado, pois desde 92  muitos “caminhos” mudaram, um José Junqueiro pronto a dizer:

20120801-144935.jpg

 

“OLÁ CÁ ESTOU EU…”

 

 

Caso para perguntar: “CDS, QUO VADIS?”helder-amaral-cds

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s