As escolhas de Lúcia, a vontade de alguns e o sonho de uns quantos…

Época de banhos, este ano marcada pela maldita crise e com o ambiente de silly season política também ele em nítida crise, efeitos da económica e das autárquicas do próximo verão, já a marcar as preocupações dos lideres políticos locais, pelo menos, ao que se vê, de alguns que não todos…

Recentemente, em noite quente de jardins efémeros, alguns jovens militantes rosa discutiam em animada tertúlia aquela que deveria ser a escolha de Lúcia Silva, a diligente Presidente da Concelhia de Viseu do Partido Socialista, para candidato à autarquia viseense em 2013.

Pensava eu que Lúcia e camaradas,  nestes também aqueles que enfileiraram com o Filipe Nunes no recente processo eleitoral interno, não tinham grandes opções, mas…

Com um candidato a candidato já assumido, Fernando Cálix, ex-assessor de José Sócrates, por norma um out-runner e que assim se deverá manter após ter marcado posição, ao melhor estilo de “eu sou aquele…”, para qualquer coisa futura, outros há que o serão e outros há que alguns gostariam que fossem.

Se olharmos para trás vemos que os últimos candidatos do partido da rosa, Joaquim Alexandre e Miguel Ginestal, este por duas vezes, não parecem muito interessados em o voltar a ser. O primeiro porque já está noutra onda e o segundo porque “seguro” está que à terceira só vão..

José Junqueiro, candidato em 93,  surge, 20 anos depois, como um dos candidatos naturais e agora sem a possibilidade de enfrentar Ruas terá ainda maior apetite e até porque “vontade” não lhe falta…

José Manuel Oliveira, talvez aquele que melhores condições teve para derrotar Fernando Ruas, também não está para aqui virado e continuará a tratar dos vinhos por terras de Azurara, por onde se manterá o sempre atento e vigilante Presidente da Federeção Socialista, João Azevedo, que gostava de ver Bárbara por Viseu e Junqueiro a mergulhar no Pavia…

João Paulo Rebelo, talvez o melhor activo socialista, sabe que o tempo corre a seu favor pelo que nada melhor que esperar para mais tarde reciclar…

A esta hora já Lúcia sonhou com Correia de Campos, não vá o “cristão-novo” Alexandre Azevedo Pinto ter alguma ideia brilhante, o que a acontecer pode baralhar e muito, até porque, capacidade e vontade não lhe faltam como se viu recentemente nas eleições para a concelhia local, bem como, suspirou por Diogo Pires, ex- autarca de Vila Nova de Paiva e um nome a reter.

Com este cenário, que escolha farão Lucia e seus camaradas?

Miguel? José? Manuel Maria? Ou Pinto?

Miguel merecia ser, nunca fugiu, deu a cara e a outra face, mas em política gratidão é palavra vã.

Mas agora que Ruas se vai, José não quererá perder a oportunidade de fazer a vontade quer a João Azevedo, que assim resolve dois problemas de uma só vez, a candidatura a Viseu e JJ, quer ao seu ego que já deve ter encontrado o caminho de regresso a Viseu…

Já Acácio Pinto faz muitas vezes a EN 229, o mesmo número de vezes no sentido Sátão-Viseu e no oposto, como diriam os “amaricanos”: Why not?

Manuel Maria? Bem… Seria bárbaro e animava os jovens que em noite de jardins sabiam que Carrilho seria efémero e que o melhor mesmo é continuar a sonhar…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s