O dislate d’alguns e a complacência de outros…

Uma gota d’água carregada de demagogia, mas, insignificante num imenso oceano, apenas pode pode provocar o riso e a complacência com tanto dislate.
Cada dia que passa a máscara vai caindo e começamos a perceber o porquê dos resultados da governação socrática-socialista. Pejada de lugares-comuns, assente em ressaibiamentos latentes e em posturas curvadas que agora vêm a luz do dia fruto desse desespero reinante de quem nada, ou quase nada, conseguiu fazer e que vê à saciedade o seu “fruto” a ser combatido de forma enérgica por um estilo de governação não populista, não pró-eleitoral e não demagoga, assente em falar claro aos portugueses, assumindo as dificuldades, não escamoteando o percurso sinuoso e de risco que percorremos mas com a certeza de deixar,a quem se seguir, uma “herança” melhor do que a obtida…
Podia estar aqui a desfiar medidas do actual governo, algumas com as quais concordo outras que nem tanto. Podia, também, estar aqui a desfiar o rosário da herança socialista e da amnésia colectiva que por aí grassa, mas já basta o desnorte que os conduz a porto cada vez menos “seguro”.
Em jeito de conclusão, a política quer-se séria, os agentes políticos são os principais responsáveis por isso. Que cada um faça a sua parte, eu, na medida da minha pequenez, esforço-me por fazer a minha parte, a alguns quantos não vislumbro que sequer o queiram fazer. Feitio? Diria que não, o problema é mesmo outro…
Em dia de Páscoa, que a reflexão seja proveitosa. Uma santa Páscoa a todos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s