Marinho Pinto “bastonário” da desordem.

A incontinência verbal de Marinho Pinto é deveras assinalável. Por norma roça a má-educação e arrogância, arauto das verdades absolutas, impoluto da sociedade, acha-se no direito de dizer o que lhe vai na real gana, esquecendo que a razão muitas das vezes perde-se pela boca.
Não gosto do estilo, não aprecio a forma.
Mas a culpa não é de Marinho, a culpa é nossa, dos nossos brandos costumes e de acharmos piada a quem manda umas bocas para agitar as águas.
A irresponsabilidade com que se proferem certas afirmações leva-me a pensar que bom que seria um país governado por “Marinhos”…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s